Fotos: Archivo CLADE

Estudantes de São Paulo discutem a educação que necessitam para o mundo que desejam

4 de Novembro de 2019

Por: Samuel Grillo

A atividade com estudantes do ensino médio foi realizada no contexto da iniciativa #LaEducaciónQueNecesitamos para el mundo que queremos

No contexto da iniciativa La educación que necesitamos para el mundo que queremos, a equipe da CLADE esteve na última quinta-feira, 31 de outubro, na Escola Estadual Profª. Maria Augusta Corrêa, na cidade de São Paulo, Brasil. O centro educacional público é um dos mais diversos da cidade, com uma grande porcentagem de estudantes imigrantes, especialmente nativas/os da Bolívia e do Haiti.

Equipes da CLADE e da Escola

Pela manhã, o artista Arthur Moryiama, que desenvolveu a arte da identidade visual da iniciativa, reproduziu o desenho na porta de entrada da escola. Em seguida, estudantes do ensino médio do centro educacional participaram de uma roda de conversa, em que compartilharam suas expectativas e seus desafios em relação ao direito à educação. Entre as preocupações apontadas, destacaram a desigualdade social e seus reflexos na educação, com a população mais rica estudando em escolas particulares, com qualidade educacional diferente da do sistema público.

Também enfatizaram a atual precariedade do mercado de trabalho no país, situação que não estimula as pessoas a continuarem seus estudos. Quando indagadas/os sobre que mundo desejam, estudantes afirmaram que gostariam de viver uma realidade com igualdade, sem preconceitos e, principalmente, com paz entre todas e todos. Após o diálogo, a equipe da CLADE gravou em vídeo alguns comentários e depoimentos de estudantes sobre a educação que necessitam para um outro mundo possível.

Estudantes da EE Profesora Maria Augusta Corrêa

Por fim, estudantes foram convidadas/os a escrever palavras que, em sua opinião, remetessem à educação que necessitam, em uma das paredes da escola. “Igualdade”, “qualidade”, “cultura” e “liberdade” foram algumas das palavras usadas para expressar os elementos que consideram fundamentais para alcançar sistemas educacionais adequados.

A conversa não terminou por ali. Participantes da atividade se ofereceram para repetir o diálogo e a dinâmica com estudantes mais novos, de outras turmas da escola.

#LaEducaciónQueNecesitamos                                                              

A iniciativa da CLADE, com o apoio do Escritório Regional do UNICEF, tem por objetivo reunir e divulgar as vozes de adolescentes e jovens da região, e estimulá-las/os a manifestar suas ideias e opiniões sobre #LaEducaciónQueNecesitamos, por meio de vídeos curtos, fotografias, textos, poemas, desenhos e outras formas de expressão.

Com a hashtag #LaEducaciónQueNecesitamos, convidamos você a compartilhar como deve ser, em sua opinião, uma educação que garanta uma vida social, econômica, cultural e ambiental plena, com a realização de todos os direitos humanos e um horizonte de dignidade para todas as pessoas.

Os pontos de vista de estudantes e jovens serão sistematizados e enviados ao Comitê de seguimento à Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança, a órgãos de direitos humanos em todos os níveis, à UNESCO, a autoridades do Sistema Interamericano de Direitos Humanos e das Nações Unidas, bem como a autoridades com atuação no campo educacional em níveis nacional e regional.

>> Leia mais!