Foto: Arriba las que luchan

O que é?


A Campanha Latino-Americana pelo Direito à Educação (CLADE) é uma rede plural de organizações da sociedade civil, com presença em 16 países da América Latina e do Caribe, que impulsiona ações de mobilização social e incidência política para defender o direito humano a uma educação transformadora, pública, laica e gratuita para todos e todas, ao longo da vida e como responsabilidade do Estado.

Missão


asasasasa
Foto: Néstor López

Defender o direito humano a uma educação transformadora, pública, laica e gratuita para todos e todas, ao longo da vida, como responsabilidade do Estado. Uma educação que responda às dimensões de disponibilidade, acessibilidade, aceitabilidade e adaptabilidade, que reconheça as diversidades e promova a cidadania e a realização dos direitos humanos, assim como a superação de todas as formas de discriminação.

Para cumprir sua missão e realizar sua agenda política, a CLADE utiliza como estratégias: incidência nas políticas públicas; mobilização social; exigibilidade política e jurídica; articulação interinstitucional com atores regionais, internacionais e foros nacionais; produção de conhecimento e pesquisa; e ações de comunicação interna e externa.

Objetivos


Contribuir com a realização do direito humano à educação e fortalecer redes e organizações da sociedade civil que atuam em nível nacional e regional para transformar as políticas educativas, especialmente no sentido de propor que os Estados:

- Realizem a educação como um direito humano fundamental e um bem público garantido pelos Estados, e não como uma mercadoria;

- Garantam a universalização, a gratuidade e a obrigatoriedade do direito à educação, sem discriminação de qualquer tipo;

- Impulsionem políticas educacionais que reflitam uma concepção ampla de educação ao longo da vida, a partir de uma abordagem integral que articule todos seus níveis e modalidades, sem descuidar da variedade e da flexibilidade das propostas curriculares;

- Trabalhem para que a educação de pessoas jovens e adultas, inclusive os processos de alfabetização, tenham prioridade na agenda dos países, com uma ênfase intersetorial;

- Garantam um financiamento adequado e protegido para a educação, assim como o controle social do ciclo orçamentário desde sua definição até sua execução;

- Assegurem que a perspectiva de igualdade e não discriminação seja eixo fundamental das políticas educativas;

- Garantam a valorização e a dignidade de docentes e demais profissionais da educação, assegurando-lhes salários dignos, planos de carreira, formação e condições laborais à altura de seu desafio e responsabilidade;

- Garantam maior participação da sociedade civil em processos de debate e tomada de decisões dentro dos marcos legais e políticos de educação, fortalecendo a democracia participativa;

- Atuem visando a que a educação para a paz seja um processo para consolidar formas de convivência e resolução não violenta de conflitos.

sasasa
Foto: Maíra Soares

Princípios


Foto: Ryan McFarland

A CLADE tem como princípios:

- A afirmação da responsabilidade pública do Estado e do exercício dos direitos humanos;

- A educação como um direito humano promotor dos demais direitos;

- A democratização e a eficiência do sistema educativo público;

- A qualidade dos processos de ensino e aprendizagem, a partir de uma perspectiva de direitos humanos;

- A aposta pela ação plural e coletiva dos sujeitos da comunidade educativa e da sociedade civil na luta por efetivar o direito a uma educação pública e gratuita para todos e todas.

Leia aqui nossa carta de princípios completa

Plano Estratégico


O documento apresenta as premissas orientadoras das ações de incidência impulsionadas pela CLADE para o período de 2015 a 2018, assim como os eixos e objetivos estratégicos, os resultados esperados e as principais iniciativas e os indicadores para avaliar as transformações desejadas.

Conheça o documento aqui
Foto: Alyson Montrezol