“10 anos para alcançar o ODS 4” será o tema da SAME 2020

23 de Janeiro de 2020

Novamente, os membros da Campanha Mundial pela Educação (CME) e integrantes da comunidade educativa internacional se reunirão para defender a realização do direito humano à educação e o cumprimento do ODS 4

Com o tema “10 anos para alcançar o ODS 4”, a próxima edição da Semana de Ação Mundial pelo Direito à Educação (SAME) será comemorada de 26 de abril a 2 de maio de 2020. Novamente, os membros da Campanha Mundial pela Educação (CME), estudantes, ativistas, professoras, professores e outras/os integrantes da comunidade educativa internacional se reunirão em debates, marchas, reflexões e outros eventos e atividades, com o objetivo de defender a garantia do direito humano à educação e o cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 (ODS 4), referente à educação, da Agenda de Desenvolvimento 2030

Assegurar que todas as crianças concluam a educação primária e secundária; uma educação gratuita, inclusiva, equitativa e de qualidade; a eliminação das disparidades de gênero na educação; e o acesso igualitário a todos os níveis de ensino e formação profissional para as pessoas mais vulneráveis, são algumas das metas que devem ser atingidas até 2030, segundo o ODS 4.


Sobre a SAME

Todos os anos desde 2001, a CME coordena a SAME, uma mobilização internacional realizada simultaneamente em mais de 100 países, lembrando o aniversario do Fórum Mundial de Educação de Dakar (2000).

As ações de incidência, comunicação, diálogo e mobilização que são impulsionadas na SAME têm o objetivo de chamar a atenção da sociedade civil e alertar os governos sobre a necessidade de tornar real e efetivo o direito a uma educação pública, gratuita e de qualidade para todos e todas, no mundo inteiro. 


“Nossa Educação, Nossos Direitos”

Em 2019, a SAME foi realizada de abril a junho na América Latina e no Caribe. Abraçando o tema “Nossa Educação, Nossos Direitos”, atividades e diálogos foram realizados para analisar e discutir o estado do direito à educação na região, contribuindo assim com a revisão do ODS 4 no âmbito das Nações Unidas.

Membros da Campanha Latino-Americana pelo Direito à Educação (CLADE) em 10 países mobilizaram estudantes, professoras e professores, especialistas, autoridades e toda a comunidade educativa, por meio de eventos, ações de comunicação, oficinas, seminários, marchas e apresentação de pesquisas e relatórios sobre o estado da educação, entre outras atividades.